Num parágrafo

Encontrar um trabalho que me preenche e poupar uma parte do que ganho todos os meses; usar a economia comportamental para automatizar comportamentos que o meu futuro eu, gostaria que eu hoje tivesse; ter uma estratégia de investimento passivo que maximiza o binómio: retorno dos investimentos/tempo gasto a gerir esses investimentos; e ser autocrítico nos hábitos de consumo, porque a maior parte das coisas que fazem a “boa vida” são grátis.

Porquê este site?

A ideia de começar a escrever este site veio depois de duas conversas com o Álvaro. Na primeira expliquei-lhe que se os pais da maior parte dos putos, em vez de lhes darem um carro (como acontece com uma grande parte em Portugal), pegassem nesse dinheiro e o investissem de uma forma simples (mas não simplista) e sensata (embora contra-intuitiva), esse putos não teriam de se preocupar com a reforma e muito facilmente chegariam a milionários antes dos 50.

Encontrei-me com o Álvaro algumas semanas depois e ele contou-me que, na sequência da nossa conversa, já estava a pôr uma parte do rendimento mensal dele de lado, mas também que não sabia muito bem o que fazer com ele. Esta dúvida é recorrente na maior parte dos meus amigos. Este site é para o Álvaro, para os amigos, para quem aparecer e para mim.

Para mim porque: (i) espero que ao expôr aqui os meu princípios de como lidar com dinheiro, aprenda com essa exposição; (ii) não vou precisar de repetir estas ideias em todos os jantares; (iii) não vou ter o receio de me estar a esquecer de uma componente da estratégia que pode resultar em maus resultados.

Estrutura

Os meus amigos já me sabem, dou muito valor à estrutura e organização. A deste site é relativamente simples:

Tudo gira à volta da checklist, se não tiveres tempo para fazer mais nada, pega na checklist e faz todos os pontos do nível 1.

A checklist está dividida em níveis sequenciais para teres uma estrutura guia e dar uma noção do incremento na complexidade da aplicação das ações. Importante: se não completares o nível 1, não avances para o nível 2.

Os posts são para explicar mais em detalhe cada um dos pontos dos diferentes níveis, e para eu soltar a imaginação quando me apetecer falar do que quer que seja.